Sindicato da Ind√ļstria de Funilaria e Pintura do Estado de S√£o Paulo
‚ÄúRepresenta√ß√£o pra valer‚ÄĚ

Meio Ambiente

AS EMPRESAS DE REPARAÇÃO AUTOMOTIVA E O MEIO AMBIENTE

 

As empresas do segmento de repara√ß√£o automotiva geram res√≠duos s√≥lidos, efluentes, emiss√Ķes atmosf√©ricas e afins e podem afetar de forma significativa o meio ambiente. Entre os res√≠duos gerados est√£o: embalagens e restos de tintas, vernizes e solventes; o p√≥ gerado pelo lixamento; panos e papeis contaminados; epi‚Äôs descartados; lixas; filtros de cabine e pe√ßas substitu√≠das, entre elas; baterias, pneus, air bags, radiadores, pe√ßas mec√Ęnicas, entre outras. V√™-se a√≠ a enorme necessidade da oficina atualmente possuir um S.G.A. (sistema de gest√£o ambiental).

Dentre os benef√≠cios de um S.G.A. est√£o: a preserva√ß√£o do meio ambiente, a diminui√ß√£o de desperd√≠cios e a economia de mat√©rias primas, a reciclagem, diminui√ß√£o de alguns custos de produ√ß√£o, melhoria na imagem da empresa e possibilidade de um marketing ambiental interessante, melhoria das condi√ß√Ķes de sa√ļde e seguran√ßa do trabalho, aumento da produtividade, adequa√ß√£o √† legisla√ß√£o, diminui√ß√£o do risco de multas e penalidades, etc.

A conscientiza√ß√£o ambiental deveria existir em todo ser humano e organiza√ß√£o, porem esse desenvolvimento, individual ou coletivo, nem sempre acontece espontaneamente e uniformemente. Por isso, existem leis, normas e resolu√ß√Ķes para a gest√£o ambiental e uma produ√ß√£o mais limpa nas empresas e √≥rg√£os para garantir sua aplica√ß√£o.

Os gestores do setor de reparação automotiva que ainda não iniciaram seus programas de gestão ambiental devem fazê-lo urgentemente e garantir o comprimento da legislação e a modernização ambiental de suas empresas.

Em outros artigos estaremos detalhando este texto e auxiliando o reparador na formação e melhoria de sua gestão ambiental.


POR QUE RECICLAR?


A quantidade de lixo produzida diariamente por um ser humano é de aproximadamente 5 Kg.

Se somarmos toda a produ√ß√£o mundial, os n√ļmeros s√£o assustadores. S√≥ o Brasil produz 240.000 toneladas de lixo por dia.

O aumento excessivo da quantidade de lixo se deve ao aumento do poder aquisitivo e pelo perfil de consumo de uma população. Além disso, quanto mais produtos industrializados, mais lixo é produzido, como embalagens, garrafas, etc.

Tipos de lixo: Dom√©stico (alimentos) - Industrial (carv√£o mineral, lixo qu√≠mico, fuma√ßas) -  Agr√≠cola (esterco, fertilizantes) -  Hospitalar - Materiais Radioativos -Tecnol√≥gico (TV, r√°dios).

Em torno de 88% do lixo dom√©stico vai para o aterro sanit√°rio. A fermenta√ß√£o produz dois produtos: o chorume e o g√°s metano.  
Menos de 3% do lixo vai para as usinas de compostagem (adubo). 

O lixo hospitalar, por exemplo, deve ir para os incineradores.  
Apenas 2% do lixo de todo o Brasil √© reciclado! 

Por quê?

Porque reciclar é 15 vezes mais caro do que jogar o lixo em aterros.

Nos países desenvolvidos como a França e Alemanha, a iniciativa privada é encarregada do lixo. Fabricantes de embalagens são considerados responsáveis pelo destino do lixo e o consumidor também tem que fazer sua parte. Por exemplo, quando uma pessoa vai comprar uma pilha nova, é preciso entregar a usada.

Uma garrafa plástica ou vidro pode levar 1 milhão de anos para decompor-se. Uma lata de alumínio, de 80 a 100 anos. Porém todo esse material pode ser reaproveitado, transformando-se em novos produtos ou matéria prima, sem perder as propriedades.

Separando todo o lixo produzido em resid√™ncias, estaremos evitando a polui√ß√£o e impedindo que a sucata se misture aos restos de alimentos, facilitando assim seu reaproveitamento pelas ind√ļstrias. Al√©m disso, estaremos poupando a meio ambiente e contribuindo para o nosso bem-estar no futuro, ou voc√™ quer ter sua √°gua racionada, seus filhos com sede, com problemas respirat√≥rios.

Algumas Vantagens:

‚ÄĘ Cada 50 quilos de papel usado, transformado em papel novo, evita que uma √°rvore seja cortada. Pense na quantidade de papel que voc√™ j√° jogou fora at√© hoje e imagine quantas √°rvores voc√™ poderia ter ajudado a preservar.

‚ÄĘ Cada 50 quilos de alum√≠nio usado e reciclado, evita que sejam extra√≠dos do solo cerca de 5.000 quilos de min√©rio, a bauxita.

‚ÄĘ Quantas latinhas de refrigerantes voc√™ j√° jogou at√© hoje?

‚ÄĘ Com um quilo de vidro quebrado, faz-se exatamente um quilo de vidro novo. E a grande vantagem do vidro √© que ele pode ser reciclado infinitas vezes.

Agora imagine só os aterros sanitários: quanto material que está lá, ocupando espaço, e poderia ter sido reciclado!
 
‚ÄĘ Economia de energia e mat√©rias-primas. Menos polui√ß√£o do ar, da √°gua e do solo.

‚ÄĘ Melhora a limpeza da cidade, pois o morador que adquire o h√°bito de separar o lixo, dificilmente o joga nas vias p√ļblicas.

‚ÄĘ Gera renda pela comercializa√ß√£o dos recicl√°veis. Diminui o desperd√≠cio.

‚ÄĘ Gera empregos para os usu√°rios dos programas sociais e de sa√ļde da Prefeitura.

‚ÄĘ D√° oportunidade aos cidad√£os de preservarem a natureza de uma forma concreta, tendo mais responsabilidade com o lixo que geram.


ONDE RECICLAR?

No Brasil existem unidades industriais com capacidade instalada para reciclar res√≠duos, e qualquer outro material que possa ser reciclado. Distribu√≠das de norte a sul do pa√≠s, estas unidades s√£o empresas transformadoras de mat√©rias-primas, fabricantes de embalagens, retomadores e recicladores. 

Ecopalace é uma delas, fornecemos total apoio, e um serviço diferenciado para atender todos os clientes interessados em destinar adequadamente os seus resíduos. Para qualquer informação sobre este assunto, mande um e-mail para - sindifupi@sindifupi.org.br




Rua Nova Jerusalém, 1092, Tatuapé
Cep 03410-000, S√£o Paulo, SP
11-3791-8096 - 2221-0489
contato@sindifupi.com